STJ decide que todos aqueles registrado em nome do falecido tem direito à herança